30/06

Por dentro do novo cardápio do Au Bon Vivant

Boas Novas

Em comemoração ao nosso aniversário de 4 anos, lançamos um menu novo e superespecial. Nele você vai encontrar iguarias exclusivas, surpreendentes opções de entradas e petiscos e alguns ingredientes inéditos. Resumindo, o cardápio do Au Bon Vivant está do jeito que a gente gosta: original, francês e sem frescura!

Saiba mais sobre o novo cardápio, confira sugestões de pratos para você inovar no pedido e, para quem ainda não nos conhece, ficar morrendo de vontade de vir experimentar! Ah, disponibilizamos ainda o cardápio completo para download logo no final deste post. Ficou curioso? Então vem ver o que a chef Silvana Watel preparou!

Como funciona o novo cardápio do Au Bon Vivant?

Depois de meses de muita pesquisa, incluímos no cardápio do Au Bon Vivant cerca de 20 itens, de entradas e pratos principais até sobremesas. A grande diferença ficou por conta da seção de petiscos, que ganhou 13 novas opções.

Quais são os destaques?

Os destaques são os cannelés, o escargot, a rã e o cordeiro em crosta de limão siciliano e ratatouille.

escargot

Qual a sugestão de menu para quem já conhece a casa?

Para quem quer fugir um pouco dos nossos pratos tradicionais, o novo cardápio da casa está cheio de opções de comidas diferentes, saborosas e originais. Segue nossa sugestão:

Aumônières de canard à la sauce Tucupi

Criadas para o Fartura BH 2016, as trouxinhas de massa filo e rillettes de pato (desfiado de carne de pato cozido lentamente com conhaque, ervas e vinho branco) ao molho de Tucupi fizeram tanto sucesso que resolveram ficar e, convenhamos, elas são a cara do Au Bon Vivant!

Para degustar os sabores do Tucupi e da carne de pato, sugerimos um rosé forte, da região de Bordeaux. O Chateau Ballan-Larquette 2013 é perfeito e custa R$ 19,00 a taça.

Papillotte de crevettes des Antilles

O prato, composto por camarões, molho de coco e capim-limão orgânico, castanhas de caju e julienne de cenoura e chuchu, vem embrulhado em “papillotte”, um papelote de papel transparente que passa no forno.

Para não agredir a delicadeza do capim-limão e o sabor dos legumes na cocção em “papillottes”, sugerimos um branco leve, cítrico e com toques herbáceos: o Côtières de Nîmes Chateau de Beaubois 2016, com as uvas bem originais Bourboulenc, Roussanne e Grenache. R$ 19,00 a taça.

Tarte au citron – café

Para finalizar esse menu pra lá de autêntico, esqueça tudo o que você sabe sobre tortas de limão. A nossa torta de limão siciliano com biscuit “sablé” de café e chantilly de iogurte grego vai fazer você se derreter de tanto sabor.

Para acompanhar, sugerimos um Côtes-du-Rhône cuja fermentação foi interrompida, deixando açúcares residuais que não tiveram tempo de fermentar — original e pouco doce. Ou, se você preferir, o Cuvée Lilou 2014 (uvas roussanne e marsanne) possui um excelente balanço entre acidez e doçura, e sabor de manga, e sai por R$ 18,00 a taça.

torta-de-limao

Qual a sugestão de menu para quem ainda não conhece o Au Bon Vivant

Para os iniciantes querendo entrar de sola na culinária francesa saborosa e descomplicada, sugerimos uma trilogia de três clássicos incontornáveis.

Terrine de Pâté de Campagne

Uma fatia de terrine de pernil suíno cozido com ervas e conhaque. O incontornável dos bistrôs franceses. Aqui o prato acompanha confit de cebola, picles da casa e uma cesta de pães da padaria Cumpanio.
Para acompanhar embutidos, nada melhor que um vinho com acidez. Um Beaujolais-Village Château de la Terrière 2013, 100% gamay. Bem frutado, cereja e levinho. A taça custa R$ 22,00.

Magret de pato ao molho de laranja

Legado do renomado René Lasserre, que aperfeiçoou a receita em 1945, o nosso generoso magret de pato é selado na frigideira e finalizado no forno até chegar num ponto bem rosado. O molho de laranja usa Grand Marnier, bien sûr! Para acentuar a delicadeza do sabor, nossa chef Silvana doura as cenouras, cebolas e brócolis na panela.

O Bordeaux de corpo médio a leve é o companheiro ideal do pato. Muito corpo esconderia a delicadeza do perfume de laranja. Já com 10 anos, o Bordeaux Château La Clotte 2007 traz frutas do bosque, um toque de madeira, e final persistente de especiarias. R$ 19,00 a taça.

Crême brulée

Sim, sabemos. Muitos restaurantes oferecem o crême brûlée. Mas é justamente por isso que a nossa chef quis fazer um especial. Primeiramente, a baunilha vem “em pessoa”, moída, de Madagascar. Em seguida, ela é mais leve (outro segredinho da chef). E — é sempre bom lembrar — maisena não entra. A crosta quentinha contrasta bem com o creme frio e é de dar água na boca!

O casamento clássico seria um Sauternes, vinho doce natural de Bordeaux, mas temos que concordar sobre uma coisa: há em Minas Gerais um espumante excepcional, produzido pela Luiz Porto, com incrível retrogosto de… café! O que combina muito bem com o queimadinho da crosta. A taça custa R$ 23,00.

Que tal dar uma olhada no cardápio todo?

Faça o download abaixo e venha nos fazer uma visita. Será um prazer receber você!

Cardápio Au Bon Vivant

Comentários (0)

O seu endereço de e-mail não será publicado.

TAGS

Amuse Bouche - Au Bon Vivant - bolinho francês - cannelé - Cardápio novo - carne de rã - Chef - culinária - culinária francesa - entender os rótulos dos vinhos franceses - ervas - Ervas Dei Falci - escargot - gastronomia francesa - harmonização - novo cardápio - - receita - receita de steak tartare - Silvana Watel - sopa de cebola - sopa de cebola francesa - sopa de cebola original - steak tartare - Taça de vinho - terroir - Vinho - vinho tinto com peixe - vinhos - vinhos franceses

Posts relacionados

Amuse Bouche
Como chegar